topo
Início da Busca
Campo de busca
Fim da Busca
Início do contéudo da página

O projeto Parto Adequado, desenvolvido pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE) e o Institute for Healthcare Improvement (IHI), com o apoio do Ministério da Saúde, tem o objetivo de identificar modelos inovadores e viáveis de atenção ao parto e nascimento, que valorizem o parto normal e reduzam o percentual de cesarianas desnecessárias na saúde suplementar. Essa iniciativa visa ainda a oferecer às mulheres e aos bebês o cuidado certo, na hora certa, ao longo da gestação, durante todo o trabalho de parto e pós parto, considerando a estrutura e o preparo da equipe multiprofissional, a medicina baseada em evidência e as condições socioculturais e afetivas da gestante e família.


Inscreva-se

Passo-a-passo para a inscrição (Prorrogada até 20/01)

1

Encaminhar à ANS, entre os dias 17 de novembro e 20 de janeiro de 2017, a proposta de adesão à Fase 2 do Projeto Parto Adequado, assinada pelo representante legal do hospital ou operadora, bem como cópia digitalizada dos documentos comprobatórios listados na proposta de adesão. O envio deve ser feito para o e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Os hospitais públicos (exclusivamente SUS) deverão enviar o termo de candidatura para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Prestador, baixe a proposta de adesão para prestadores de serviços de saúde aqui. (.pdf)

Operadora, baixe a proposta de adesão para operadoras de planos de saúde aqui. (.pdf)

2

Aguardar a análise da ANS, que reunirá o conjunto de informações sobre os hospitais e operadoras proponentes e fará a seleção final em conjunto com o HIAE e o IHI, comunicando o resultado aos candidatos por e-mail até o dia 20 de fevereiro de 2017 (prorrogado);

3

Aderir formalmente ao projeto, mediante assinatura de contrato como hospital voluntário ou operadora apoiadora, em data a ser definida e comunicada por e-mail e ofício aos selecionados.


Conheça as fases do Projeto

Lançamento da Fase 2

ApresentaçõesPalestrantesArquivos
Canguru Dr. Gustavo Landsberg, MD MSc - CEO Visualizar arquivo pdf da apresentação Canguru, com Dr. Gustavo Landsberg, MD MSc - CEO. Vizualizar (.pdf)
Parto Adequado Pedro Delgado / Martha Oliveira Visualizar arquivo pdf da apresentação Parto Adequado, com Pedro Delgado e Martha Oliveira. Vizualizar (.pdf)
Leading towards better outcomes for mothers and newborns Pedro Delgado Visualizar arquivo pdf da apresentação Leading towards better outcomes for mothers and newborns, com Pedro Delgado. Vizualizar (.pdf)
Parto Adequado: uma jornada de histórias inesquecíveis
Reconhecimento aos participantes: Hospitais e Operadoras
Pedro Delgado / Martha Oliveira Visualizar arquivo pdf da apresentação Parto Adequado: uma jornada de histórias inesquecíveis e Reconhecimento aos participantes: Hospitais e Operadoras, com Pedro Delgado e Martha Oliveira Vizualizar (.pdf)
Cesárea no século XXI: um quebra-cabeças inacabado Dra Ana Pilar Betrán Visualizar arquivo pdf da apresentação Cesárea no século XXI: um quebra-cabeças inacabado, com Dra Ana Pilar Betrán Vizualizar (.pdf)
Classificação de Robson Dra. M. Regina Torloni Visualizar arquivo pdf da apresentação Classificação de Robson, com Dra. M. Regina Torloni Vizualizar (.pdf)
Projeto “Nascer Saudável” Jacqueline Alves Torres Visualizar arquivo pdf da apresentação Projeto “Nascer Saudável”, com Jacqueline Alves Torres Vizualizar (.pdf)
Parto Adequado: Uma Jornada de Histórias Inesquecíveis Operadoras Apoiadoras – Celebrando os Resultados Felipe Riani/ Rita de Cássia/ Paulo Borem Visualizar arquivo pdf da apresentação Parto Adequado: Uma Jornada de Histórias Inesquecíveis Operadoras Apoiadoras – Celebrando os Resultados, com Felipe Riani/ Rita de Cássia/ Paulo Borem Vizualizar (.pdf)

Publicação


Disseminando a iniciativa

A Fase 1 do projeto, também denominada “piloto”, alcançou resultados transformacionais para um grupo de 35 hospitais, ao longo de 18 meses. Os hospitais piloto foram protagonistas na criação do novo modelo de assistência materno-infantil para o Brasil. Saiba mais sobre os resultados da fase 1 aqui

Agora, tendo como base os aprendizados obtidos na fase 1, ANS, IHI e HIAE lançam a Fase 2 do Projeto Parto Adequado, a qual será desenvolvida ao longo de 2 anos, com o objetivo de disseminar os resultados obtidos para um número maior de mulheres e bebês.

Poderão participar da Fase 2 hospitais e operadoras de todo o país. Nesta etapa, serão selecionadas 150 maternidades brasileiras e operadoras de planos de saúde que tiverem interesse em atuar como apoiadoras do Projeto. Inscreva seu hospital/operadora e seja protagonista da mudança do modelo de atenção ao parto do setor suplementar. A adesão ao projeto é voluntária.

Participantes do projeto

  • Hospitais que prestam serviços de atenção ao parto e nascimento na saúde suplementar e/ou na saúde pública;
  • Operadoras de planos de saúde com hospitais da rede própria ou por meio de apoio à rede credenciada;
  • A partir do segundo semestre de 2015, gestantes, que poderão buscar atendimento em um dos hospitais participantes do projeto.

A adesão do projeto é voluntária.


Instituições selecionadas

Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e o Hospital Israelita Albert Einstein anunciaram, no dia 27 de março de 2015, as instituições selecionadas para participar do projeto Parto Adequado. Em maio, os hospitais assinaram os termos de adesão ao projeto e deram início às atividades.


Números da Fase 1 do Projeto Parto Adequado

  • 35 hospitais envolvidos, sendo 31 privados e 4 públicos e 19 operadoras de planos de saúde apoiando a iniciativa;
  • 18 meses de duração;
  • Mais de 10 mil cesarianas sem indicação clínica evitadas;
  • 5 sessões de aprendizagem presencial e mais de 50 sessões virtuais realizadas;
  • 486 profissionais de saúde treinados em oficinas de atenção ao parto;
  • 242 profissionais de saúde treinados em cursos em ciência da melhoria, liderança em saúde e segurança do paciente.

Histórico

Inicialmente, foram oferecidas 20 vagas, mas, com o objetivo de atender todos os interessados, foram formados dois grupos: o grupo dos hospitais piloto e o grupo dos hospitais seguidores. Ainda fazem parte desse projeto os hospitais colaboradores, compartilhando experiências já iniciadas com os demais participantes.

Atualmente 35 hospitais e maternidades de todo o Brasil participam do projeto. Sendo 31 privados e 4 públicos.

Vinte e dois hospitais privados e 4 maternidades do Sistema Único de Saúde (SUS) fazem parte do grupo piloto. Seis hospitais privados formam o grupo de seguidores, com acesso aos materiais, monitoramento dos resultados e encontros presenciais com técnicos da ANS. Três hospitais participam do projeto como colaboradores, compartilhando experiências já iniciadas com os demais participantes. Dezenove operadoras de planos de saúde apoiam o projeto.


Campanha “Não ao Parto Agendado”


Obrigatoriedade de Credenciamento de Enfermeiros Obstétricos e Obstetrizes

Resolução Normativa 398/2016, que dispõe sobre a Obrigatoriedade de Credenciamento de Enfermeiros Obstétricos e Obstetrizes por Operadoras de Planos Privados de Assistência à Saúde e Hospitais que Constituem suas Redes e sobre a Obrigatoriedade de os Médicos Entregarem a Nota de Orientação à Gestante.


Compartilhe:

Fim do contéudo da página
Início do rodapé
ANS no Twitter
ANS no YouTube
ANS no Facebook
RSS
Acesso à Informação
Governo Federal
Fim do rodapé

ANS - Agência Nacional de Saúde Suplementar

Inicio do Endereço Sede
Avenida Augusto Severo, 84 - Glória - Rio de Janeiro/RJ - CEP: 20021-040
Fim do Endereço Sede
Ir para o topo da página